Programa Olho D’Água protege nascentes em Salto do Lontra

Município de Salto do Lontra PR
28/9/2021
A Administração Municipal de Salto do Lontra (gestão 2021/2024), através do Departamento de Agricultura, criou recentemente o Programa Olho D’Água. A iniciativa, que conta com o apoio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-PR), visa recuperar e preservar fontes de água a fim de garantir o abastecimento nas propriedades rurais em especial para o consumo humano, mas também para os animais.
A proteção das fontes é feita por meio da técnica de uso do solo cimento, propiciando melhores condições de uso do recurso hídrico. Em seguida, é solicitado junto aos viveiros de mudas do Instituto Água e Terra (IAT), mudas nativas para repovoar as áreas próximas da fonte.
Conforme o Diretor do Departamento de Agricultura, Sedenir Rodhen “a preocupação com as águas de nosso planeta está se tornando uma tônica nos dias atuais. No entanto, não se pode esquecer que todo curso d`água possui uma nascente e que esta, tanto quanto o seu leito, deve ser preservada. Já se foi o tempo em que se acreditava que as águas dos rios eram inesgotáveis, que jorravam do chão a toda hora ou, ainda, que se recuperavam naturalmente” e acrescentou “os períodos de estiagem, cada vez mais são comuns, as chuvas irregulares ou em baixo volume, agravam significativamente o problema, tornando difícil a vida do homem do campo. Na sua grande totalidade as propriedades sempre contam com uma fonte de água, seja ela que brota naturalmente ou escava, mas sem nenhuma proteção, fazendo com que muitas vezes a água não seja própria para o consumo humano e animal. Por isso, criamos o programa Olha D’Água para melhorar a vida dos nossos agricultores” finalizou.
De acordo com o Prefeito Fernando Cadore, o Programa Olha D’Água visa melhorar a qualidade de vida do homem do campo. “Sabemos o quanto é importante ter água, e em especial água de qualidade em uma propriedade rural, por isso, criamos já no início da nossa gestão este programa para proporcionar mais saúde e qualidade de vida aos nossos agricultores” comentou.
Os agricultores interessados em fazer a proteção de fonte de água podem ir ao Departamento de Agricultura ou ligar no telefone 3538-1987.
Compartilhe: