População deve ajudar no combate à dengue

18/7/2019
A dengue causou a morte de 443 pessoas este ano, até o dia 30 de junho, em todo o País, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde. O número é 233% maior que as 133 mortes registradas no mesmo período de 2018. Foram registrados 1.281.759 casos de dengue no país - alta de 584% em comparação ao mesmo período do ano passado.
Até 30 de junho deste ano também foram registrados 79.788 casos de chikungunya. Ao todo 21 pessoas morreram.
Além disso, foram registrados 7.705 casos prováveis de zika no país. Neste ano, não foram confirmados óbitos.
Estas doenças são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.
Paraná
No Paraná o número de mortes causadas pela dengue chegou a 22 desde julho de 2018, conforme boletim divulgado nesta semana Secretaria de Estado da Saúde. O número de casos passou de 18.779 para 20.496 em uma semana.
O boletim aponta que 90 municípios estão em epidemia e que outras 58 cidades estão em estado de alerta.
O estado também registrou o 22º caso de chikungunya desde julho de 2018. O boletim indica ainda que foram registrados cinco casos de zika vírus no mesmo período.
O Coordenador da Dengue, da Secretaria Municipal de Saúde de Salto do Lontra, Everton Bandeira pede o apoio da população no combate ao mosquito transmissor. “O combate ao Aedes aegypti deve ser diário, com a eliminação dos criadouros, inclusive agora no período do inverno, pois é quando a circulação viral diminui, porém, os ovos resistem por meses. Toda a população deve estar atenta e fazer a sua parte para que juntos possamos evitar casos de dengue, zika e chikungunya em nosso município” disse.

Legenda: Na foto o Coordenador da Dengue, da Secretaria Municipal de Saúde de Salto do Lontra, Everton Bandeira.



Página Anterior