Realizado curso de preparação para escuta especializada de crianças e adolescentes

Município de Salto do Lontra PR
02/12/2022
Durante quatro dias - segunda, terça, quarta e quinta-feira desta semana, 28, 29 e 30 de novembro, e 01 de dezembro - foi realizado em Salto do Lontra, na sala do ITDE, aos fundos da Prefeitura, curso de preparação para escuta especializada de crianças e adolescentes vítimas de violência. Foram ao todo 24 horas de formação, ministradas pela Assistente Social e Advogada, Neusa Cerutti, da cidade de Cascavel.
Participaram membros da comissão municipal de enfrentamento às violências contra crianças e adolescentes (rede de proteção), ou seja, professores, diretores, pedagogas, assistentes sociais, psicólogos, conselheiros tutelares, dentre outros.
Neusa disse que “o objetivo desta capacitação é preparar os profissionais da rede de proteção para que tenham condições de fazer escuta de crianças e adolescentes que foram vítimas ou testemunhos de violência. Para além de realizar a escuta e ouvir relatos espontâneo os profissionais puderam treinar o olhar para identificar condutas e comportamentos indicativos de violências de toda natureza e após a identificação, proporcionar acolhida e cuidado e a não revitimização. Também foram produzidas reflexos sobre o fluxo de encaminhamentos para a rede, incluindo o poder Judiciário, Ministério Público, e até mesmo na Vara Criminal quando se tratar de uma violência que demanda a responsabilização deste autor” salientou.
Neusa disse ainda que o curso foi bem proveitoso. “Foram quatro dias de debate bem intenso, muito esclarecedor. A gente sabe que a violência é algo do qual a sociedade ainda não quer falar. Muitas violências são veladas, muitas crianças são abusadas dentro de suas próprias casas, e a por isso os profissionais precisam estar qualificados para garantir o Direitos das crianças e adolescentes do município” finalizou.
A Secretária de Educação, Geovana Téchio Lopes Belica enalteceu a importância desta formação. “Foram quatro dias de intenso estudo, reflexão e planejamento também do trabalho que será desenvolvido a partir desta formação” disse. Ela lembrou ainda que “a rede de proteção já existe no município há alguns e a cada formação, a cada capacitação fica ainda mais fortalecida com o objetivo claro de proteger e de prevenir os casos de violência contra crianças e adolescentes” finalizou.
Compartilhe:
Galeria de fotos